CATETER DE AMOSTRAGEM MINI-BAL

COMPROVADO PARA PERMITIR UM DIAGNÓSTICO MAIS PRECISO,

PARA UM TRATAMENTO ANTIBIÓTICO MAIS DIRECIONADO

O Cateter de Amostragem HALYARD* Mini-BAL é um cateter telescópico que coleta amostras com segurança das secreções do trato respiratório inferior de um paciente, fornecendo aos médicos os dados necessários para fazer um diagnóstico preciso de infecção pulmonar e prescrever tratamento antibiótico direcionado.

O uso da lavagem broncoalveolar como ferramenta para ajudar a diagnosticar doenças do trato respiratório inferior demonstrou reduzir o uso de antibióticos e os custos com cuidados de saúde.

Desde 2001, mais de 200.000 cateteres de amostragem HALYARD* Mini-BAL foram produzidos, demonstrando um histórico de uso seguro.

O cateter de amostragem HALYARD* Mini-BAL tem uma ponta macia e direcional que permite a extração rápida e segura de amostras do trato respiratório inferior. Isso pode ajudar a evitar os falsos negativos e falsos positivos observados em uma estimativa de 23% das culturas aspiradas endotraqueais.
Essas secreções das vias aéreas distais podem ajudar a identificar patógenos infecciosos do pulmão para um diagnóstico confirmado do ponto de vista microbiológico.

Características e benefícios incluem:

  • O procedimento pode ser realizado na cama em minutos por um fisioterapeuta respiratório ou outros clínicos treinados
  • A ponta direcional permite a amostragem pulmonar direita ou esquerda
  • Mantém o PEEP quando usado com o adaptador de ventilador fornecido
  • Apresenta uma ponta macia, acolchoada e radiopaca para amostragem segura do pulmão inferior

References:

  1. American Thoracic Society Guidelines for the Management of Adults with Hospital-acquired, Ventilator-associated, and Healthcare-associated Pneumonia. American Journal of Respiratory and Critical Care Medicine, V. 171, 388-416 (2005).
  2. Fujitani, S, Cohen-Melamed MH, Tuttle RP, Delgado E, Yasuhiko T, Darby, JM. Comparison of semi-quantitative endotracheal aspirates to quantitative non-bronchoscopic bronchoalveolar lavage in diagnosing ventilator-associated pneumonia. Respiratory Care, Novembro de 2009 V. 54, No. 11, 1453-1461.
  3. Kollef MH, Ward S. The influence of mini-BAL cultures on patient outcomes: implications for the antibiotic management of ventilator-associated pneumonia. Chest 1998: 113(2); 412-420.
  4. Yu VL, Singh N, Excessive antimicrobial usage causes measurable harm to patients with suspected ventilator-associated pneumonia. Intensive Care Med 2004: 30(5): 735-738.
  5. Ost, DE, et al. Decision analysis of antibiotic and diagnostic strategies in VAP. Am J Respir Care Med, 2003; 168(9): 1060-7.

Existem riscos inerentes ao uso de todos os dispositivos médicos usados mediante prescrição. Consulte as instruções de utilização completas contendo indicações, cuidados, advertências e outras informações relevantes.